Lindsay Lohan nāo está sendo investigada pela Polícia de Londres

Como publicamos anteriormente, Lindsay Lohan estava sendo acusada de furtar um par de jóias no valor de 750 mil reais, a notícia inclusive ficou entre os ”destaques” do site de pesquisas ”Google”.

A notícia, teria sido publicada pelo tablóide americano ”PopCrunch” famoso por fazer matérias de tendenciosas e de origem duvidosa e se espalhou de forma viral pelos sites de fofoca brasileiros.

Ao fazer uma rápida pesquisa nos deparamos que situação parecida teria acontecido em 2009. Quando Lindsay teria sido acusada de furtar um par de jóias da revista ELLE em Londres. Nunca nada foi provado contra ela.

Reportagem do site ”Reuters Brasil”, Junho de 2009.

Tudo leva a crer que o site ”PopCrunch” tal quanto o brasileiro ”Fofocas.org”, que publicou a notícia no dia 31 de maio, teriam reciclado esse assunto com fim de prejudicar Lindsay, manchando sua imagem e difamando sua moral na Internet. A notícia não se difere muito da publicada em 2009: Um par de Jóias da marca ”Dior”, que teria sido furtada durante uma sessão de fotos da ELLE Magazine em Londres.

Lamentamos que muitas pessoas acreditem em sites duvidosos que tentam fazer uso indevido do direito de imagem e expressāo que a Internet os dá.

Como site oficial de notícias no Brasil. Seguido e reconhecido por Lindsay Dee Lohan no Twitter. Temos o dever de passar todas as informações e novidades que surgem de tablóides, entrevistas, sites (sejam eles confiáveis ou não) a fim de informar todos os fãs que acompanham a página. É dever da imprensa conjunta banir todo e qualquer tipo de notícia que tenha como finalidade denegrir a imagem de um artista.


Matéria: Equipe Lindsay Lohan Brasil