AIDS, Drogas, Automutilação, Tentativa de Suicídio, Anorexia… – OS TOP 10 Momentos mais ”BAD” da vida de Lindsay Lohan

Nós sabemos que desde o ano passado (quando teve sua última recaída e sua mãe ameaçou interná-la) Lindsay anda sóbria e feliz, como todos nós gostamos de ver. Mas nas ”Grandes Matérias” de hoje vamos relembrar um TOP 10 dos momentos mais BAD que ruiva (que já foi loira, morena, platinada…) viveu. Confira:

10) AIDS

Resultado de imagem para michael lohan aids

É verdade que Michael Lohan não ”regula os parafusos” muito bem, mas ele já foi longe ao ponto de dizer que sua filha teria o vírus do HIV pelo Twitter em 2010 (???).

Ele tweetou: “A verdade é que o fato de minha filha viver com HIV pelo resto da vida é resultado de decisões que tomou”. O tweet foi apagado logo depois mas gerou uma enorme repercussão. Quando foi perguntada LiLo desconversou do assunto e disse que seu pai estava drogado. Para piorar ele ainda disse que sua filha convivia com o vírus desde os 17 anos.

“É hora de você aprender a verdade. A verdade sobre Tommy Mottola num romance com minha filha de então 17 anos”. Tommy Mottola é executivo da gravadora Casablanca. O CD de Lindsay foi lançado por Tommy, quando trabalhava na Universal. O Caso morreu nessa época, e ninguém nunca mais tocou no assunto.

9) Tentativa de Suicídio

Não é segredo que Lindsay Lohan, como já contamos aqui, sofreu durante muitos anos com a automutilação. Lindsay cresceu, e se tornou mundialmente famosa por “Meninas Malvadas”, mas não conseguiu deixar seus problemas para trás, ela assumiu em uma entrevista que só se sentia bem quando não estava sozinha “Eu gosto de trabalhar para não me sentir tão sozinha. Quando as pessoas me cercam eu me sinto parte de alguma coisa, isso me cativa”. Mas quando LiLo voltava para o seu apartamento, sozinha (ela decidiu que não queria morar com os pais aos 18 anos), e se olhava no espelho, ela desabava. Começou a desenvolver Anorexia e Bulimia em 2005, e como não tinha apoio (Ela chegou a revelar em 2006 que só chegava a ver a mãe uma vez por mês) a situação só piorava. No mesmo ano, Lohan começou a se automutilar, em uma tentativa de escapar da pressão que sofria. Em 2006, o que era um segredo veio a público. Em fotos na saída de um evento, as cicatrizes no pulso de Lindsay apareceram. Ela se justificou dizendo que ela havia colocado braceletes muito apertados em seu pulso, que havia causado as lesões. Dali para frente, LiLo começou a usar pulseiras, luvas, e maquiagem para tapar as cicatrizes. Mesmo assim, em horas que se descuidava, os paparazzi’s a fotografavam e estampavam nos tabloides “o mais novo episódio de automutilação de Lindsay Lohan”, a chamando muitas vezes de louca.

Em novembro de 2009, surgiram as primeiras notícias de que ela havia tentado se suicidar, quem revelou isso foi uma ex-assistente: Em um telefonema para o pai de Lohan, ela teria dito:

“Estou tentando salvar a porra da vida da sua filha todos os dias. Ela está confusa e não melhorou nos últimos dois anos. Ela se machuca. Você não vale nada e sabe disso. Se eu não estivesse por perto naquele momento, ela teria se matado. Eu desisti de tudo: namorado, cachorro, meus pais e minha casa para que sua filha não se mate”, disse em um áudio divulgado pelo tablóide “The Inquisitr”

8) Anorexia

Resultado de imagem para lindsay lohan anorexicOs primeiros sinais de anorexia surgiram em 2005, Lindsay impressionou a todos em uma de suas saídas com a amiga Nicole Richie em que estava visivelmente mais magra, apesar de tudo ela alegou na época estar mudando os hábitos alimentares antigos, o que abafou o caso até 2009, quando Lilo começou a ser fotografada muito abaixo de seu peso normal, chegando a pesar 40 quilos no mesmo ano. Ela chegou a admitir a doença dizendo “Eu vivia fraca, doente. Às vezes ser muito magra não parece muito saudável. Eu não percebia isso. Um dia alguém me perguntou se eu estava bem e eu comecei a ficar preocupada. Sabia que a minha aparência não era muito boa. Depois de passar por isso tudo, aprendi a lição”. Apesar de nunca ter se internado numa clínica especializada em transtornos alimentares, Lindsay ganhou bastante peso desde essa época, e suas fotos atuais mostram que ela está saudável e feliz.

FOTO: Lindsay é vista extremamente magra em loja de roupas, 2009.

7) Álcool

Lindsay começou a beber antes de completar 18 anos, porque na sua família era comum festas com drinks, segundo o próprio Michael Lohan. Mas a situação foi se agravando com o tempo, e o que acontecia só nos fins de semana virou frequente e Lilo encontrou no álcool mais uma forma de afogar suas mágoas e seus problemas. Ela era frequentemente vista bebendo em festas, chegando até a desmaiar devido as altas quantidades de álcool no sangue. Lindsay está sóbria desde 2014, apesar de confessar que não recusa uma taça de vinho, mas não pretende se embebedar nunca mais.

6) Drogas

Os Problemas de Lindsay com as drogas ilegais começaram aos seus 19 anos, ela afirmou em entrevista  que tinha experimentado maconha nessa época, “Não vou negar o fato que já experimentei maconha. Eu odiei”. Nessa época a imprensa caiu em cima da princesinha da Disney, que na época tinha acabado de estrelar “Herbie: Meu fusca turbinado” e foi um dos motivos da empresa ter cortado o contrato para a sequência do filme. Algum tempo depois, em 2006, começaram a surgir rumores que Lindsay estava envolvida com Cocaína depois que um repórter do site TMZ estava de penetra em uma festa e teria visto Lilo cheirando a droga com outras amigas. Todo o caso foi abafado mais voltou a ganhar força em 2008 e 2009, quando foram divulgados vários candids em situações e dias diferentes em que visivelmente se percebia um “pó branco” no nariz de Lohan. Ela negou tudo dizendo que as alegações eram completamente falsas. Um ano depois, em 2010, foram divulgadas fotos de Lindsay usando heroína com sua amiga, Paris Hilton (veja as fotos). Para piorar a situação Michael bota “a boca no trombone” dizendo que a primeira overdose de LiLo foi aos 18 anos quando ela estava gravando um filme (leia a entrevista aqui). Depois de todos esses altos e baixos, ela mostrou querer inspirar os jovens ao dizer para Opray que era usuária de cocaína e álcool, dessa vez sem querer esconder a verdade da imprensa e assumindo os erros que cometeu.

5) ”Cutting”

Em 2006, Lindsay começou a aparecer com marcas no pulso, em eventos e alguns candids tirados por Paparazzi’s.Ela garantiu porém que as marcas foram causadas por pulseiras que estavam muito justas. O que levantou suspeita depois da declaração é o fato de LiLo começar a ser vista muitas vezes com pulseiras cobrindo a área do pulso e algumas vezes do antebraço, numa tentativa de esconder os novos cortes. A própria mãe Dina revelou em 2009 que a filha praticava automutilação e precisava de ajuda. Até uma gravação telefônica entre Dina e Michael (pais de Lohan) foi divulgada na época. “Ela está se cortando e se ferindo? Sim, as coisas vão mal, Michael, muito mal. Sei o que vai acontecer. Terei certeza de que é tudo culpa sua, é assim que vou me sentir. Isso não tem nada a ver comigo” disse na gravação divulgada pelo site Radar Online. O próprio assistente de Lindsay na época, Jenni Muro, disse em entrevista que tinha medo de que as coisas “fossem longe demais” (leia aqui). Para piorar a situação, LiLo começou a fazer marcas em outros lugares menos chamativos como as pernas (veja aqui), numa tentativa de despistar os sites de fofoca que diziam que ela estaria se automutilando, e usar jaquetas compridas para evitar que a fotografassem com novas cicatrizes. Mas tudo isso mudou entre em 2013. Além de ser a última vez em que foram divulgadas fotos de Lindsay com novas cicatrizes, foi também o ano em que ela se internou na reabilitação pela última vez, coincidentemente ou não, a clínica escolhida para tratar de problemas de álcool e drogas também tinha uma parte especializada em programas para tratar a automutilação, bipolaridade e depressão, o que na época foi comentado por vários tablóides internacionais que elogiaram a posição de Lohan.

4) Roubo

Lindsay foi acusada de furtar um colar em uma joalheria em Los Angeles em fevereiro de 2011. O caso tomou repercussão mundial, e o vídeo do roubo apareceu em vários telejornais no Brasil. Ao total foram pagos U$ 40 mil dólares de fiança, U$ 20 mil para permanecer em liberdade e outros U$ 20 mil por ter violado sua condicional. Este novo episódio ocorreu semanas depois de ela sair de um centro de reabilitação contra as drogas, onde permaneceu por três meses por ordem judicial.

“Você não é diferente de nenhum de nós, e preciso que você entenda isso. Você entende? Não abuse de sua sorte. Se você cometer outro delito, irá para a cadeia como qualquer um”, disse o juiz.

3) Metanfetamina, Heroína, Crack

Em 2010, o tabloide x-17 divulgou fotos de Lindsay Lohan usando Heroína e beijando Paris Hilton em uma festa de Hollywood em 2007 (veja aqui). A revelação foi uma bomba, LiLo, que estava tentando se reerguer, caiu novamente em seu vício, no mesmo ano, saem notícias que ela estaria se tratando contra um vício em metanfetamina, droga altamente viciante (veja aqui). Quando tudo parecia estar abafado, seu pai, Michael Lohan, disse em 2011 que sua filha não estava só viciada em metanfetamina, mas também em crack (veja aqui).

2) Agressão de Egor

Lindsay revelou que o ex-noivo se tornava muito violento sob o efeito de altas doses de álcool. Ela relata que umas das agressões ocorreu no apartamento em que os dois dividiam em Londres “Egor bebeu demais e ele ficou louco. Quando chegamos em casa, fui para a cama e ele saiu. Algumas horas mais tarde, ele voltou e quando acordei, ele estava de pé em cima de mim. Estava sendo muito agressivo e ele me atacou e forçou coisas”, contou:

“Não sou mais obcecada com Hollywood ,quero trabalhar. Sou uma boa atriz, sei disso. Sei que cometi erros, mas o importante é que aprendi. Fico triste porque estou trabalhando duro para conseguir que minha vida flua novamente”.

De acordo com o “Daily Mail”, as brigas do casal eram constantes. “Faz isso. Eu duvido. Você está louco. Você é doente. Você precisa de ajuda. É a minha casa, saia”, gritou a atriz, ao saber que Tarabasov de 23 anos tinha curtido uma noitada com uma com uma prostituta. Outra discussão do casal foi mostrada em um vídeo pelo “Radar Online”. A briga, que começa dentro carro e acaba se tornando física, foi registrada pelos paparazzi que foi capa da “Revista Star”.

1) Prisāo

Resultado de imagem para lindsay lohan presaTodos ficamos muito perdidos quando o assunto é prisão e Lindsay Lohan, ninguém sabe ao certo quantas vezes ela foi detida/presa. Por isso separamos uma cronologia de tempo dessa fase BAD que LiLo viveu:

Maio 26, 2007: Lohan foi acusada de dirigir sob a influência e posse de cocaína depois que perdeu controle de seu carro Mercedes em Beverly Hills.

Julho 24, 2007: A atriz é detida em Santa Mônica depois de perseguir com seu carro e discutir com uma mulher, sendo suspeita de dirigir sob a influência de álcool, além de dirigir com a carteira de motorista suspensa e posse de cocaína.

Agosto 23, 2007: Lohan é acusada de dirigir sob a influência de tóxicos e posse de cocaína. Sua sentença foi um dia na prisão, dez dias de serviço comunitário e três anos de condicional.

Novembro 15, 2007: LiLo é liberada depois de passar apenas 84 minutos na prisão de Lynwood, na Califórnia, devido a superlotação do estabelecimento.

Março 13-16, 2009: Juiz na Califórnia envia um mandado de prisão de R$ 100 mil de fiança por causa das acusações de maio de 2007. Três dias depois, a advogada da atriz Shawn Holley conseguiu livrar Lohan ao mostrar que ela estava cumprindo rigidamente com as regras da condicional.

Outubro 16, 2009: O juiz que cuidou do caso de 2009 estendeu a condicional de Lohan por mais 12 meses para que ela pudesse completar o programa educacional para alcoólatras, que fazia parte da sentença, pois até a época ela não havia obedecido o cronograma das aulas e suas regras.

Maio 20, 2010: Lohan infringiu as regras da condicional quando perdeu uma audiência para ir ao Festival de Cannes que depois alegou que não conseguiu retornar aos Estados Unidos porque “roubaram seu passaporte”. Ela foi citada pelo juiz e recebeu um mandato de prisão. Lindsay pagou R$ 200 mil de fiança para ganhar sua liberdade.

Maio 24, 2010: Lohan começa a usar tornozeleira eletrônica para monitoramento de álcool. O juiz também solicitou que a estrela fizesse teste de drogas semanalmente para controlar sua condicional.

Junho 8, 2010: LiLo recebe um mandato de prisão quando  sua tornozeleira apita por suspeita de uso de álcool em uma festa do MTV Movie Awards. Uma fiança de R$ 400 mil foi paga para evitar cadeia.

Julho 6, 2010: A atriz é sentenciada a noventa dias de prisão por faltar as aulas semanais do programa educacional.

Julho 20, 2010: Lohan se entrega e serve apenas duas semanas de prisão devido à superlotação da prisão, mais uma vez, e também porque a natureza do crime que não continha violência.

Setembro 24, 2010: A condicional de Lohan é infringida quando acham cocaína em seu organismo após um teste de drogas.

Setembro 28, 2010: Lohan deixa a prisão e vai direto para uma clínica de reabilitação.

Dezembro 12, 2010: Durante seu tratamento na clínica de Betty Ford, uma funcionária acusa Lindsay de agressão corporal após solicitar um exame toxicológico para a paciente. As queixas fora retiradas dias depois.

Feb. 9, 2011: Surpresa, mais uma acusação! A artista é detida por suspeita de roubar um colar no valor de R$ 5 mil em uma joalheria de Venice, na Califórnia.

Abril 22, 2011: Devido a sua condicional de 2009, Lohan teria que ficar três anos longe de problemas legais. Caso infringisse, iria parar na cadeia. Por causa das queixas de 9 de fevereiro, Lohan recebeu uma sentença de 120 dias em prisão estadual e mais 480 horas de serviço comunitário. Ao mesmo tempo, a queixas de roubo é reduzida para delito.

Maio 26, 2011: Ela é liberada da prisão de Lynwood, em Los Angeles, devido à superlotação e serve o resto da sentença em prisão domiciliar. Um fã de LiLo até protestou na porta da prisão.

Outubro 19, 2011: A atriz de Mean Girls tem sua liberdade condicional revogada quando ela não cumpre com suas obrigações nos serviços comunitários. Após ser detida, ela paga uma fiança de R$ 200 mil.

Março 14, 2012: Lohan é acusada de atropelamento em Hollywood e fugir de cena. Promotores de Los Angeles rejeitaram as queixas por falta de provas, citando que não haviam “evidências”.

Março 29, 2012: Finalmente ela completa a condicional de 2009, no entanto, devido ao processo do colar, a justiça ainda está de olho na atriz.

Setembro 19, 2012: Ela é acusada novamente de atropelamento, dessa vez na porta do Hotel Dream em Nova York. A promotoria se recusa a processar a atriz devido a falta de provas.

Outubro 10, 2012: A polícia é chamada à casa onde Lohan e sua mãe Dina estavam ficando, por perturbação de ordem. Os vizinhos teriam chamado as autoridades depois de suposta briga entre as duas. Nenhuma queixa foi dada.

Novembro 29, 2012: Lindsay Lohan é detida na balada Avenue em Nova York após supostamente dar um soco na cara de uma mulher.

Março 20, 2013: Lindsay é fichada pela sexta vez (e última até o momento) em Santa Mônica, Califórnia.


Matéria: Equipe Lindsay Lohan Brasil